domingo, 20 de dezembro de 2009

O orvalho da papoila…

Papoila

Flor do campo

Que de orvalho se veste

Sempre que amanhece

Mostrando o seu encanto

Papoila…

Dos prados

Das searas

Dos vales

Flor dos amados

Eternos apaixonados

E de delicada cor

Em gota de orvalho

És tu flor

De encantos magos

Ah!

Querem flor mais bela!

Do que esta singela

Papoila…

Dos prados…

02

1 comentário:

... disse...

Lindo poema
comentar é ser repetitiva,
mas é só coração este teu poema


beijos abstratos

MEU MUNDO MARAVILHOSO: